3 dias de paz e música!


woodstock_1969.jpg Há 41 anos começava na zona rural de Bethel, estado de Nova Iorque, na fazenda de Max Yasgur, o lendário Festival de Woodstock.

Originalmente era para ser realizado na cidade de Woodstock, onde morava Bob Dylan, mas a população local não aceitou o evento que teve de mudar para Bethel.

O ingresso custava US$ 18,00 antecipadamente (algo em torno de US$ 75,00 nos dias de hoje) e US$ 24,00 se adquirido na hora. Foram vendidos 186.000 ingressos antecipados o que levou os organizadores à estimativa de 200.000 pessoas no festival. Mas não foi isso que aconteceu.

Com a notícia do grandioso evento, com 32 shows de artistas já consagrados e hoje lendários, cerca de 500.000 pessoas compareceram ao local, derrubaram cercas da fazenda tornando o Woodstock um evento gratuito.

Não havia infraestrutura para atender as necessidades básicas de tanta gente que, diga-se, ficaria no local por 3 dias (quase quatro já que o último dia de show se estendeu para a madrugada do dia 18 de Agosto). Ainda assim, foi um evento pacífico, sendo registrada apenas 2 mortes, uma por overdose de heroína e outra por atropelamento de trator.

O evento ainda contabilizou dois nascimentos, um ocorrido num carro preso no enorme congestionamento que se formou, chegando a bloquear totalmente a Via Expressa do Estado de Nova Iorque, o que culminou no decreto de calamidade pública em Bethel e outro parto que se deu num helicóptero.

Além disso, 4 abortos foram contabilizados, índice muito baixo de ocorrências negativas para um evento dessa dimensão.

No geral, quem compareceu ao festival saiu muito satisfeito com o que viu e ouviu sendo que até hoje quando o Woodstock está associado a imagens positivas e um momento histórico para o cenário musical.

Vejam abaixo alguns ícones da música que se apresentaram em Bethel:

Um clássico de Joe Cocker, ainda muito jovem, que quem assistiu "Anos Incríveis" deve se lembrar:

Mais uma dele, simplesmente genial:

The Who, que tocou "apenas" 25 músicas durante o show:

Santana, com apenas 22 anos já mostrava que seria um dos grandes nomes da música mundial:

Janis Joplin, que dispensa comentários:

Ainda tivemos a presença do Jefferson Airplane com seus músicos esquisitos e a grande vocalista Grace Slick tocando "Somebody do Love" e fazendo a "releitura" de "Alice no País da Maravilhas" em "White Rabbit":

E para fechar o festival nada melhor que o imortal Jimmi Hendrix num dos momentos mais marcantes de sua carreira:

Foi "só isso" que começou há 41 anos e ainda é lembrado até hoje como um dos maiores marcos da música mundial.

Feliz Aniversário Woodstock!

About this Entry

This page contains a single entry by Brasileiro published on August 15, 2010 2:02 PM.

Parabéns à Lusa! was the previous entry in this blog.

TvPokerPro on the road! is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.